Contato

+55 (45) 3025-2829

Whatsapp

+55 (45) 9118-2401

Foz do Iguaçu

Dra. Anna Croukamp, receberá o prêmio Heini Hediger

Dra. Anna Croukamp, receberá o prêmio Heini Hediger
100Fronteiras 100Fronteiras
30/08/2017 17:02hs

A fundadora do Parque das Aves, Dra. Anna Croukamp, receberá o prestigioso prêmio Heini Hediger, da Associação Mundial de Zoológicos e Aquários (WAZA), durante sua 72ª Conferência Anual, no dia 19 de outubro, em Berlim, na Alemanha.

 

 

Anna, dedicada veterinária alemã, fundou o Parque das Aves com seu falecido marido, Dennis Croukamp, em 1994. Ao longo dos anos, ela trabalhou incansavelmente para resgatar e recuperar aves silvestres e proteger espécies ameaçadas, enquanto o Parque se tornava o maior zoológico especializado em aves da América Latina, encantando mais de 750 mil visitantes por ano, engajando 35 mil alunos anualmente através de seu departamento de Educação Ambiental.

 

 

O Parque desenvolve e apoia financeiramente vários projetos de conservação em campo, como por exemplo: o Projeto Papagaio-verdadeiro, o Projeto-chauá e Aves do Iguaçu. Além disso, contribui em Planos de Ação Nacional (PAN) para espécies ameaçadas, incluindo a arara-azul-de-lear, o mutum-de-alagoas, ave extinta na natureza, e o cardeal-amarelo, criticamente ameaçado. “Nós nos sentimos honrados de trabalhar em prol do sonho da minha mãe. Continuaremos seguindo exatamente o exemplo que ela nos traz. Somos gratas a WAZA por reconhecer todo o trabalho e esforço incansável dela ao longo de 24 anos e que continua até hoje”, menciona a diretora geral do Parque das Aves, Carmel Croukamp.

 

 

Além disso, através dos esforços de Anna, hoje o Parque das Aves reproduz 28 espécies ameaçadas de extinção, incluindo as jacutingas e os papagaio-de-peito-roxo enviados para programas de reintrodução. O Parque também desenvolve pesquisa científica para conservação de espécies, e tem especialistas nas áreas de veterinária, manejo e nutrição de animais silvestres voltados para garantir um ótimo grau de bem-estar para as aves sob seus cuidados. Em 2016 abriu a Divisão de Bem-estar Animal, com especialistas em comportamento e bem-estar de aves, e em 2017 criou a Divisão de Conservação, para continuar ampliando a atuação e investimento do Parque das Aves em conservação de espécies.

 

 

 

Anna receberá o prêmio Heini Hediger da WAZA, dado anualmente aos líderes da comunidade global de aquários e zoológicos. Ela também já foi premiada com a maior honra civil brasileira, a Medalha de Mérito Legislativo, pelo congresso brasileiro, e foi contemplada com a chave da cidade de Foz do Iguaçu, Paraná, em 2015. “Estou maravilhada com o prêmio, pois é um reconhecimento do nosso trabalho. Nós nos propomos a continuar sempre trabalhando em prol das espécies e seus habitats, todos juntos”, comenta a Dra. Anna Croukamp.

 

 

 

“A WAZA está orgulhosa de reconhecer a coragem e o compromisso da Dra. Anna Croukamp”, diz Doug Cress, Diretor Executivo da WAZA. “Ela e seu marido arriscaram tudo para criar o Parque das Aves, mas a rara combinação de conservação, educação e sustentabilidade que eles estabeleceram é um modelo a ser seguido pelos outros.”

 

 

O prêmio é dado pela WAZA a um indivíduo por ano para líderes no âmbito de zoológicos pela sua excepcional contribuição. Ele leva o nome do biólogo suíço Heini Hediger (1908-1992) desde 1996, uma homenagem por seu valioso trabalho em comportamento animal.

 

 

Os vencedores anteriores do prêmio Heini Hediger da WAZA incluem Rick Barongi (Houston Zoo), Sally Walker (IUCN), Lena M. Lindén (Nordens Ark), e Gordon McGregor Reid (Chester Zoo), entre outros.

 

 

 

Com 22 anos de existência, o Parque das Aves atrai turistas de todo o mundo. No local, o visitante entra em contato com mais de 1300 aves, de 143 espécies, 29 delas em perigo de extinção. 53% das aves que já passaram pelo Parque são resgatadas de tráfico e maus tratos.

 

 

O Parque das Aves fica ao lado da entrada do Parque Nacional do Iguaçu e está aberto todos os dias, das 8h30 às 17h. O ingresso custa R$ 40 por pessoa e para moradores de Foz do Iguaçu e municípios lindeiros ao Parque Nacional, mediante apresentação de comprovante de residência no próprio nome e RG, o valor da entrada é R$ 10 por pessoa (valores podem mudar sem aviso prévio)

 

 

Assessoria